Adoção de um gatinho

Resgate do Freddy

Certa vez, em março de 2019, minha família e eu estávamos voltando de uma pizzaria, e chegando nas proximidades de casa escutei um miado longo e audível mesmo a longa distância. Pedi aos meus pais para ficar com ele, e quase por um milagre, eu consegui.

No início foi um pouco complicado por já possuirmos uma cadela de porte médio ocupando o espaço. O Freddy criou alguns hábitos incômodos como evacuar em cantos da casa ou no banheiro. Isso é completamente minha culpa. Não providenciei uma caixa adequada pra ele, e isso nos gerou muitos problemas. A Cristal, a cadela, estava ainda nos primeiros meses, muito ativa gostava de brincar com ele, o que poderia ser uma experiencia de quase morte para um animal pequeno.

Ele foi um gato muito esperto, inteligente e apegado a mim. Nos momentos em que chorava, ele deitava em minha barriga, e junto dele passei por tempos difíceis. Os banhos eram divertidos, menos para ele que sempre ficava magoado e levava algumas horas para me perdoar.

Saúde

Com o tempo percebi que ele bebia pouquíssima água, comecei a espalhar potinhos pela casa pra incentivar, pois quando urinava em lugares como o banheiro, o liquido era completamente vermelho, era assustador. Não ter dinheiro para ir ao veterinário foi uma grande dificuldade, meus pais sugeriram aplicar antibiótico injetável, pois era o que podíamos fazer.

Por algum tempo ele ficou bem. No entanto, dias antes de completar um ano comigo, ele adoeceu. Uma das patas infeccionou. Ele parou de comer e beber. Ficou magro e me dirigia olhos tristes.

Naquela época a única coisa que pude fazer foi chorar e tentar conseguir algo que ele pudesse comer. Meus esforços foram em vão. Na ultima noite, deixei ele preso no quarto, com a caminha, alimentos diversos entre patê e salame e água. No dia seguinte deixei ele sair e nunca mais voltou.

***

Minha mãe costuma dizer que gatos quando sentem que vão morrer fogem de casa, e foi isso que aconteceu. Queria ter podido fazer mais, até hoje penso nisso. Mas o estimulo para adoção está nessa história.

Adotar um animal da rua, mesmo que ele já tenha a saúde fragilizada pelas más condições de vida tem um valor. Conseguir poupar um animal de tantos meses ou anos de sofrimento até a chegada de sua hora. Não fico completamente triste por perder um parceiro pois tentei dar o melhor para ele até aquele momento em que fiquei de mãos atadas.

Sites para se informar sobre adoção de animais:

19 ONGs confiáveis para você ajudar cachorros e gatinhos

ONG’s Brasil

Lembre-se que pegar diretamente da rua é muito viável.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s