O bom crioulo por Adolfo Caminha.

O bom crioulo foi escrito em 1895 por Adolfo Ferreira dos Santos Caminha, escritor que fez parte do movimento do naturalismo. Essa escrita naturalista deu origem ao romance experimental, consiste em colocar os personagens e cenários com características animalizadas, que retomam às origens primárias do ser. O Naturalismo foi iniciado no Brasil com a escrita … Continue lendo O bom crioulo por Adolfo Caminha.

RESENHA: A FRIAGEM POR AUGUSTA FARO.

Essa escrita foi feita por Augusta Faro em 1999, natural de Goiânia, Goiás. A leitura de obras nacionais trás a proximidade da escrita e literatura que deve ser construída com o objetivo de valorização dos nossos autores, pois, no século atual, há uma supervalorização da escrita internacional. Friagem é um livro formado a partir de … Continue lendo RESENHA: A FRIAGEM POR AUGUSTA FARO.

Meu pé de laranja lima por José Mauro de Vasconcelos.

Zezé é um garoto levado, conhecido como apadrinhado do capeta, algo que seus parentes e pessoas próximas vivem a dizer e o próprio garoto já tomou o diabo como seu padrinho, pois de acordo com aqueles a sua volta, o ser era a origem das ideias traquinagens. Com o decorrer da história são apresentados os … Continue lendo Meu pé de laranja lima por José Mauro de Vasconcelos.

Resenha: O cavaleiro dos Sete Reinos por George R.R Martin.

A escrita é composta por três contos, o primeiro, O Cavaleiro andante introduz à realidade a qual será trabalhada durante toda a obra. Apresenta Dunk, um jovem cavaleiro andante, que foi assim ungido por seu antigo mestre, sem testemunhas, encontra dificuldade em provar seu pequeno título afim de partirar das justas e conseguir dinheiro. No … Continue lendo Resenha: O cavaleiro dos Sete Reinos por George R.R Martin.