RESENHA: A RAINHA VERMELHA POR VICTORIA AVEYARD.

Quando falamos em Rainha Vermelha a primeira coisa que nos vem à mente é uma

Imagem relacionada

A nova Rainha Vermelha.

das figuras ao lado, icônicas personagens que

Resultado de imagem para rainha de copas alice

Rainha de Copas clássica

deixam suas marcas traumas, pelo menos é o que vem a minha memória ao ouvir tal nome.          Com isso em mente iniciei a leitura de A Rainha Vermelha pensando com meus botões que provavelmente esse livro se tratava de uma história vinda de Alice No País das Maravilhas, e narraria uma nova versão do livro de Alice, na perspectiva da Rainha de Copas. Fui totalmente ludibriada por minhas hipóteses.

O livro se trata de uma sociedade dividida por sangue, os que possuem sangue prata e os de sangue vermelho. Com o foco em determinada moça, chamada Mare Barrow, cuja ela e sua família são vermelhos, que desde o nascimento estão destinados a servir os prateados, pois a causa dessa separação é quem possui o grandioso sangue prateado também é agraciado com poderes, cada um com sua especialidade. Mare precisando de emprego para ajudar sua família com as despesas. Porém ao estar no castelo dos prateados onde conseguiu um emprego, em seu primeiro dia se deparou com a disputa de quem seria a esposa do Príncipe Herdeiro e consequentemente a futura Rainha.

Mare cai em uma difícil situação, literalmente falando, ela despenca em cima da cúpula protetora, onde abaixo dela lutas estão sendo travadas pelas prateadas que cobiçam o trono, havia apenas um pequeno problema, a cúpula era preparada para queimar tudo e todos que caíssem por cima dela ;-;

Ao cair, seu corpo foi eletrificado, mas não sentiu dor, suas roupas queimaram-se mas não a machucaram, eis agora o problema, o poder se manifestou em uma vermelha, agora, como sairá dessa enrascada? Qual seu destino a partir daquele momento? Um jogo de mentiras e traições a espera, enquanto prateados a viam queimar e continuar se mexendo.

Resultado de imagem para a rainha vermelha

Em minha opinião pessoal, essa história se parece muito com a saga A Seleção, por abordar uma questão de divisão extrema de poder e classes sociais, a disputa pela mão do Príncipe e etc. Contudo o final surpreende, mesmo que não tenha me agradado, a maioria que o leu gostou, é uma leitura simples que não exige muita interpretação ou dificuldade na leitura, recomendo como um bom passa tempo.

Obrigada por ler, até a próxima.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s