RESENHA: COMO TREINAR O SEU DRAGÃO POR CRESSIDA COWELL.

Após meses ausente, o filho pródigo a casa torna, aqui estou eu, envergonhada desse longo sumiço, abarrotada de resenhas e comentários a fazer, pois mesmo que não tenha escrito por esses dias, a leitura não pode parar, então, lá vamos nós.

Ontem pela manhã, no ônibus comecei essa leitura, na parte da tarde ao chegar em casa, terminei a mesma, esse livro não é meu, por isso não tinha acesso a ele, até agora.

Resultado de imagem para como treinar seu dragão filme 1

Capa do livro.

Soluço é um garoto franzino filho do líder da tribo dos Hooligans Cabeludos, ele que nunca se destacou em habilidades físicas, compensa isso com estrategia e esperteza. É o único de sua tribo que aprendeu o dialeto dragonês, que por sinal é uma linguagem proibida por seu próprio pai, mantendo-a assim em segredo de todos.

Para você se tornar um membro oficial da tribo, um guerreiro, é necessário que capture um dragão e o dobre a sua vontade(geralmente na base dos berros). Soluço e mais alguns garotos entram em uma caverna com milhares de dragõezinhos bebês para que pudessem capturar o seu próprio e poder ter sua iniciação, e aquele que nenhum dragão fosse capaz de capturar deveria ser exilado da tribo. Soluço e Perna-de-Peixe(um amigo desengonçado e com as mesmas possibilidades que possui Soluço de ir para o exílio) se preocupam com essa situação.

Soluço consegue capturar um dragão comum, o que para ele nessa situação de morte eminente é mais do que suficientemente bom, Perna-de-Peixe no entanto acaba despertando todos os dragões, na correria da fuga Perna-de-Peixe está sem seu dragão, já tendo o exílio em mente, Soluço lhe entrega o dragão comum que havia capturado e volta em busca de algum outro. Para sua surpresa, após escapar da morte e do exílio, ele percebe como seu novo dragão é comum, banguela e EXTREMAMENTE PEQUENO, até para um dragão filhote, isso era a desgraça para ele.

Sabendo falar dragonês ele se vê em uma situação extremamente delicada com seu dragão, que é egoísta, desobediente e ingrato, porém com o tempo um vinculo invisível pode estar sendo construído entre dois, pois chega em um momento, em que isso será necessário. No dia em que deve-se mostrar o treino de seu dragão, um imprevisto acontece, fazendo com que 20 meninos sejam sentenciados ao banimento. Porém no outro dia, o imprevisto toma proporções gigantescas, com dois dragões do mar ancorados um em cada lado da ilha, assim o extermínio de todo o povo fica claro como o céu no verão. Cabe a Soluço, o único que sabe falar dragonês, conversar com um dos dragões e pensar em um plano para salvar a todos.

Como sempre, não é exatamente uma resenha por me recuso a contar o final, não sou

Imagem relacionada

Poster do primeiro filme.

estraga prazeres a esse ponto. Esse livro foi publicado em 2003, por Cressida Cowell, tendo grande aceitação tanto no publico jovem quanto adulto, por ser uma história divertida e inovadora. Seu filme foi lançado em 2010, com duração de 1h 38 min. Após ler o livro, não o acho fiel(o filme), pois é como uma outra historia feita no mesmo mundo e com os mesmos personagens, sendo apenas uma inspiração para a produção, mas os dois são muito bons mesmo que não sejam inspirados um no outro.

Resultado de imagem para cressida cowell

Cressida Cowell, a autora.

Um comentário sobre “RESENHA: COMO TREINAR O SEU DRAGÃO POR CRESSIDA COWELL.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s