Poema: O que será?

Por que matar

Quem sou eu

pra dizer

que você deve morrer

pobre daquele

que sobre as cabeças joga a sentença

Pai, perdoe-os,

eles não sabem o que dizem

Bendito é o perdão

Ele disse

hoje estarás comigo no Paraíso

a tua fé te salvou

Não julgue pois,

com mesmo julgo será julgado

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s