Pensamentos da mulher menina, sozinha

Sabe a tranquilidade de olhar para o céu e não pensar em qualquer coisa? É o que procuro. Acordar com o brilho do sol iluminando o rosto, ver o reflexo de uma mulher linda e feliz, no espelho do outro lado da sala.
Essa mulher via a si mesma quando ainda muito jovem e se identificava, mas olhando para alguns anos antes do que vivia agora, não se reconhecia, era apenas o reflexo de uma completa estranha.
Clarice Lispector certa vez escreveu em um jornal aos sábados, em seu primeiro dia falou sobre algo que alguns consideram narcisismo, mas ela considerava a alegria de ser, o olhar no espelho e ver no reflexo a figura interior reconhecida na figura exterior, ah, eu existo, eu não me imaginei. Ela escreveu algo assim, e penso que com a mulher algo semelhante ocorreu, mas para antes de conseguir se reconhecer, ela teve que se conhecer, em seguida se espelhar, para que a figura interna estivesse no externo. Ela quis muito se ver no espelho.
Talvez ela se deixou pensar, levar, ou até mesmo permitiu os sentimentos ruins da vida a tomarem.
É uma questão de consciência de si, e consciência do que fazer para que os outros não a diminuíssem, mesmo que o que ela gostasse estivesse em jogo, era algo momentâneo.
É sábado, ela pode fazer um café forte e doce, se sentar em frente à tela de tinta a óleo que tem uma pintura horrorosa lhe enfeitando. Perceber os detalhes faltosos e as partes em branco da tela. Pode virar o rosto para ver um de seus dois gatos passando para a cama, o que a leva a olhar para a escultura em argila que repousa sobre a mesa, coberta por um saco plástico que a impede de secar antes do trabalho ser concluído.
Se levantar e ir à janela, olhar para os grandes prédios e para as flores plantadas no beiral da sacada. Olhar em volta e reconhecer aquela como a vida que queria. Acabou a vontade dos luxos, acabou a vontade de grandeza, iniciou o desejo de se sentir bem.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s